Rádioescuta – SWL

F-17912/SWL - Jean-Marie Davy

Não é de hoje a grande importância dos rádioescutas, desde os primeiros receptores de ondas curtas ainda valvulados, no início no século XX ao atual rádio digital do século XXI. A maior parte dos SWL’s (Short Wave Listener) são pessoas pacientes e além de gostar do hobby, empregam os melhores e sensíveis receptores e as melhores antenas, com os acopladores de diversos formatos e tamanhos, para extrair o melhor sinal e reduzir ao máximo os indesejáveis ruídos! Eles gostam de buscar coisas novas no dial. As vezes, uma portadora quase imperceptível, junto com os QRM/QSB, mais com um agudo ouvido se descobre em poucos minutos ou até mesmos horas a estação broadcasting, piloto ou amador que está transmitindo o sinal…  isto, realmente é fascinante.

Tenho aqui, um cartão QSL de um amigo radioescuta françes Jean-Marie Davy, F-17912/SWL que me escutou em um contato realizado com um radioamador grego na modalidade telegráfica, quando era ainda um radioamador classe ”C” – PU1VHJ na banda de 10 metros (28.015.0Mhz.)
O mais interessante, era que a propagação estava aberto para toda Europa e não só a Grécia. Para mim salvou o dia…  Conseguir, Grécia e França em dois modos diferentes de hobbys tão parecidos. Não é legal.
Afinal, OUVIR é uma arte. E é preciso mais que dois ouvidos para compreender o que está sendo dito.
Au revoir!

Aqui, alguns blogs de conhecidos radioescutas brasileiros:

Blog do Sarmento Campos: http://blog.sarmento.eng.br/
Rudolf Grimm – São Paulo:  http://dxways-br.blogspot.com/

PY1WX – PY1OO1SWL
Op.Junior – GG87le

  1. #1 por PY1-RS em 05/04/2011 - 9:13 AM

    Parabéns por ser este grande entusiasta do radioamadorismo. Continue sempre assim.

    Forte 73.

    PY1-RS

  2. #2 por PY4018SWL - Marcelo Freitas. em 06/04/2011 - 10:31 PM

    Prezado amigo, boa noite.

    Agradeço imensamente sua cordial referência à importância de nós, radioescutas, De fato, empregamos horas e horas para uma recepção de sinal quase imperceptível. No mais das vezes, construímos nós próprios nossos receptores e acopladores de modo a poder captar sinais com características diferentes e nas circunstâncias onde nosso qth está localizado. Gosto também de reportar recepções e enviar as gravações aos amigos radioamadores, tanto os que montam seus transceptores quanto aos que utilizam os equipamentos comerciais. Um bom exemplo é o amigo PY2CIF (sr. Orlando Fugagnolli) da cidade de Araras ao qual fiz uma reportagem quando seu transmissor 4×4 ainda estava em testes. Outros tantos pelo país também são informados de modo a avaliarem seus equipamentos e efetuarem eventuais ajustes.
    Enfim, é essa parceria amistosa que aproxima os amantes dos rádios, tanto os que transmitem quanto os que apenas escutam e mantém o espírito amistoso deste nosso hobby.
    Mais uma vez, meus sinceros agradecimentos por esta referência aos “Corujas” e parabéns pelo seu blog tão bem elaborado e interessante.

    73/51 do PY4018SWL – Marcelo Freitas.

  3. #3 por Roberto T. Brandão em 09/08/2011 - 2:19 PM

    Parabens! De qualquer modo o seu entusiasmo contagia outros radioescutas mais tímidos e tirarem prefixo de SWL na Anatel. A radioescuta é apaixonente e pratico deste 1969. Roberto-PP7AAR.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: